5 de Setembro de 2016
A SBC dá que falar!

 

Fruto do reconhecimento já obtido no mercado em que se insere, a SBC foi convidada em Julho de 2016 para estar presente no conceituado suplemento de fim de semana do jornal Público, a revista Pontos de Vista!

Leia aqui a entrevista na íntegra que abordou de forma profunda a temática dos fundos comunitários e o empreendedorismo em Portugal!

 

A Startup Business Consulting é uma empresa que atua na área da consultoria financeira, com foco no apoio à criação de startups e no desenvolvimento sustentável das mesmas. A criação de startups tem sofrido uma evolução positiva no nosso país? O empreendedorismo em Portugal está numa fase ascendente?

Sim, bastante positiva! O ecossistema das startups tem vindo a sofrer um impacto muito positivo, com a criação de novos projetos diferenciadores, não só em termos nacionais, mas também internacionalmente. O mercado de criação de startups tem vindo a crescer tanto quantativamente como qualitativamente, sendo atualmente responsável por uma importante fatia do desenvolvimento da nossa economia.

Têm como objetivo potenciar ideias incubadas, para as quais os promotores muitas vezes necessitam de algum tipo de apoio, estratégico ou financeiro. Que trabalho é desenvolvido pela Startup Business Consulting neste sentido? Que serviços disponibilizam?

Gostamos de considerar o nosso trabalho como um serviço ao cliente a 360º. Apoiamos os nossos clientes desde a fase da conceptualização do negócio até à sua implementação. Realizamos todo o planeamento necessário, apoiamos os empreendedores nas suas decisões estratégicas, conectamos os nossos empreendedores a parceiros-chave, realizamos candidaturas a fundos comunitários enquadráveis com as necessidades específicas de cada projeto… Apoiamos os nossos projetos a dar os primeiros passos!

Trabalhamos também com diversos investidores privados nacionais e internacionais, pelo que também faz parte do nosso trabalho a negociação de investimentos e a mediação dos mesmos entre os nossos empreendedores e os investidores interessados.

Adicionalmente, iremos lançar em Setembro um periódico mensal sobre o tema das Startups (chamado Startup!) que irá ajudar a guiar novos empreendedores e onde se poderá encontrar informação relevante para projetos, empreendedores e investidores.

A Startup Business Consulting possui uma bolsa activa de investidores, nacionais e internacionais, com quem trabalha de forma constante. Dependendo do tipo de negócio, do grau de risco envolvido e do montante a financiar, enviam os projetos para análise, com vista a obter as melhores condições para ambas as partes. Que mais-valias oferecem a quem procura este tipo de serviços?

Somos o braço direito dos empreendedores na busca e negociação de investimento. A nossa experiência no mercado permite-nos obter bons negócios e maximizar o potencial do projeto perante os investidores.

O nosso planeamento e análise de negócio completo e minucioso, para além de ser uma exigência do mercado, permite aos investidores com quem trabalhamos conhecer os projetos a fundo e facilmente aferir o seu potencial de mercado, agilizando todo o processo e garantindo uma taxa de sucesso muito elevada na negociação.

Na negociação de projetos já existentes no mercado, nomeadamente empresas de renome e com percurso de mercado que pretendam ser investidas, realizamos previamente todo um trabalho de valorização de negócio, incrementando em média o seu valor de mercado entre 40% a 60%, com o intuito de serem investidas a curto prazo.

Trabalham com linhas de apoio ao empreendedorismo e com fundos comunitários. No que concerne ao programa Portugal 2020 e aos vales simplificados que visam o apoio à aquisição de serviços de consultoria para projetos de iniciativas empresariais de PME’s, que apoio a Startup Business Consulting presta aos seus clientes?

Os Vales são um excelente apoio para empresas em início de atividade! Trata-se de um apoio a fundo perdido de 15.000€ para apoiar o projeto desde a sua fase de implementação. Permitem ao promotor investir no seu projeto com capitais comunitários, podendo desta forma adquirir serviços de consultoria, marketing digital, deslocações e estadias internacionais, entre outras despesas elegíveis.

A Startup Business Consulting é uma entidade credenciada na submissão de candidaturas aos Vales Simplificados, o que é sem dúvida uma mais-valia para os nossos empreendedores.

Num Estudo Global de Empreendedorismo da Amway 2015 , só 16% dos portugueses inquiridos consideram a sociedade em que vivem favorável ao empreendedorismo. Esta foi uma das conclusões da sexta edição do estudo, feito pela Amway, recentemente publicado em Portugal. Um valor que colocou o país em penúltimo lugar (43º) neste aspeto. Quais consideram ser os principais entraves para o empreendedorismo em Portugal?

Os principais entraves são sem dúvida a cultura mais conservadora do nosso país, uma baixa tolerância ao risco e também, em muitos casos, a falta de informação disponível. Existem diversos apoios aos empreendedores que os mesmos desconhecem pelo facto de não existir uma eficiente propagação da informação. No entanto, estes paradigmas estão a mudar rapidamente, especialmente entre a Geração Y, com um maior acesso à informação, maior formação académica, maior tolerância ao risco e maior valorização do ecossistema das startups, vendo o empreendedorismo como uma oportunidade de marcar a diferença no mercado global.


Deixe o seu nome e contacto telefónico.
Entraremos em contacto consigo.
+infoNós
ligamos